Informe aos Trabalhadores e Resposta ao Primeira Hora do Dia 04/12/2014

No dia de hoje (04), a ECT divulgou seu Primeira Hora no qual mostra total desrespeito com os trabalhadores e as entidades sindicais. Mais uma vez, sem acordo firmado, a ECT força o pagamento da PLR, mas dessa vez com valores e regras diferenciadas entre os estados.

Na manhã desta quinta-feira (04), a ECT divulgou em seu informativo Primeira Hora a proposta de pagamento da PLR e a definição do Plano de Saúde. No entanto, o que se viu foi o total desrespeito com os trabalhadores e as entidades sindicais, pois mais uma vez, sem acordo firmado, a empresa força o pagamento da PLR, mas com valores e regras diferenciadas entre estados. Além disso, a proposta apresentada também prevê a precarização do plano de saúde. O pacote inclui a criação de mecanismos para que a empresa não precise distribuir seus resultados nos próximos dois anos e com a ausência de lucro, a partilha poderá ser zero. Outro problema gerado pelo pagamento da PLR por diretoria regional é que isso cria a possibilidade de discutir o acordo coletivo de maneira diferenciada.

Mesmo com todos esses pontos levantados e com a orientação da FENTECT para rejeição da proposta da ECT, o sindicato promoveu duas assembleias no intuito de esclarecer as dúvidas dos trabalhadores, inteirar-nos das opiniões e deliberar as ações necessárias. A federação comunicou que já entrou com denúncia por prática antissindical no Ministério do Trabalho e espera o pagamento diferenciado para exigir a isonomia nos valores, prática que deve ser regra em nossa categoria. Consideramos importante lembrar aos trabalhadores que durante meses tentamos criar alternativas para um pagamento justo. Várias assembleias foram feitas e sempre apontamos o campo negocial como a melhor alternativa, mas o que a empresa apresenta é a troca de R$ 400,00 por dois anos com PLRs ainda menores, a fim de que qualquer intervenção no plano de saúde e a quebra da isonomia da categoria, onde estados pequenos terão salários e benefícios menores que os estados maiores.

Fica claro que a postura da ECT em seu Primeira Hora é colocar os trabalhadores contra as suas representações usando a tática maquiavélica do “dividir para conquistar”. Ceder à chantagem da empresa e cair em seu golpe é enterrar as conquistas históricas e matar qualquer possibilidade de avanço futuro, pois R$400,00 é o valor para quem acha que só isso vale o trabalhador ecetista.

Adicional de Periculosidade/Motociclistas – Procuração e documentos necessários

Diante da intransigência da empresa em não realizar o pagamento do Adicional de Periculosidade aos Motociclistas, ou ainda em fazer a substituição do AADC (Adicional de Atividade Distribuição e Coleta) pelo Adicional de Periculosidade. O SINTECT-ES comunica a toda a categoria ecetista do estado do Espírito Santo, que conforme informado na última assembleia, estaremos ingressando com as ações individuais, afim de garantir que os trabalhadores motorizados (M) possam receber seus respectivos adicionais de atividade e de periculosidade, uma vez que os dois são distintos. Orientamos os trabalhadores motorizados (M)  que tiverem dúvidas, que entrem em contato com o advogado trabalhista no sindicato. O atendimento ocorre nas terças-feiras (09 às 11h) e na quintas-feiras (13 às 16h). Documentos necessários (Originais e Cópias): * Contracheque (Antes do pagamento da Periculosidade, com o AADC / Após o pagamento da Periculosidade, sem o AADC); * Carteira de Trabalho (Folhas: Foto, Qualificação Civil e Contrato de Trabalho); * CPF; * CNH; * Comprovante de Residência. Segue o link para download da procuração:

Procuração Motociclistas

Os agendamentos devem ser realizados pelos telefones: 27/3024-1345 – 3019-9346.

TRABALHADORES DO ESPÍRITO SANTO REJEITAM PLR TRIANUAL

Em assembleia realizada no dia 28/11/2014 os ecetistas do Espírito Santo rejeitaram a proposta da empresa sobre a PLR TRIANUAL. Pois a empresa só aceita negociar envolvendo as PLRs de 03 anos (2013/2014/2015) e desta forma, no ano que vem não haverá negociação pois já estaríamos aprovando os critérios agora, sem garantia nenhuma.

Devido a chuva que ocorreu na sexta-feira a assembleia só iniciou por volta das 20h, vieram trabalhadores de toda a Grande Vitória, inclusive de Jacaraipe e Guarapari que são localidades mais distantes. Conforme decidido no Consin, a proposta foi colocada novamente em votação e outra vez rejeitada pela maioria presente na assembleia.

Agora iremos aguardar o resultado das assembleia dos outros sindicatos, para saber o encaminhamento que a Fentect irá seguir.

SINTECT-ES

ASSEMBLEIA GERAL 28/11/2014

O SINTECT-ES convoca a categoria ecetista do estado do Espírito Santo para a Assembleia Geral no dia 28/11/2014 (sexta-feira) às 18:30h.

Pauta:

* Encaminhamentos decididos no CONSIN sobre a PLR;

* Periculosidade para Motociclistas;

* Informes Gerais.

Local:

Auditório do Sintraconst-ES – Rua Pereira Pinto, 37 – Centro – Vitória (ES)

(Subida pela Lad. São Bento, em frente ao Banestes)

É importante a participação dos trabalhadores para que as decisões tomadas possam refletir a opinião da maioria da categoria ecetista capixaba.

SINTECT-ES

Cartaz: Assembleia Cartaz 28112014

Adicional de Periculosidade – Motociclistas

Diante da intransigência da empresa em não realizar o pagamento do Adicional de Periculosidade aos Motociclistas, ou ainda em fazer a substituição do AADC (Adicional de Atividade Distribuição e Coleta) pelo Adicional de Periculosidade. O SINTECT-ES comunica a toda a categoria ecetista do estado do Espírito Santo, que conforme informado na última assembleia, estaremos ingressando com as ações individuais, afim de garantir que os trabalhadores motorizados (M) possam receber seus respectivos adicionais de atividade e de periculosidade, uma vez que os dois são distintos.

Orientamos os trabalhadores motorizados (M) a agendar o atendimento com o advogado trabalhista no sindicato, este é realizado na terça-feira (09 às 11h) e na quinta-feira (13 às 16h).

Documentos necessários (Originais e Cópias):

* Contracheque (Antes do pagamento da Periculosidade, com o AADC / Após o pagamento da Periculosidade, sem o AADC);

* Carteira de Trabalho;

* CPF;

* Comprovante de Residência.

Os agendamentos devem ser realizados pelos telefones: 27/3024-1345 – 3019-9346.

SINTECT-ES

Espírito Santo decide manter estado de greve

Conforme assembleia realizada ontem dia 13, os ecetistas do Espirito Santo decidiram não parar hoje dia 14, mas manter o estado de greve. Foram agendadas novas reuniões, com a ECT no dia 18 e no TST no dia 19 e esperamos que a “novela da plr” tenha fim, além de avançarmos em outros pontos.

Os trabalhadores devem permanecer atentos, uma vez que nossa luta não é somente por PLR, mas também por melhores condições de trabalho, novas contratações, periculosidade para motociclistas, descumprimento de acordo coletivo pela ect, entre outras demandas. Está marcada nova assembleia para dia 20/Nov. Participe.

AUDIÊNCIA DE NEGOCIAÇÕES DA PLR TERMINA SEM ACORDO

Sindicato convoca a categoria à paralisação para o próximo dia 13

A audiência de mediação realizada no TST com a participação da ECT e a representação dos trabalhadores terminou sem acordo entre as partes, já que os Correios insistem em vincular o pagamento da PLR 2013 à aprovação da PLR 2014 e 2015. A empresa informou que a proposta feita pelo Ministro Ives Gandra e aprovada pelasassembleias, não foi autorizada pelo DEST, e que manterá a proposta apresentada na reunião anterior, qual seja: pagar a PLR referente ao exercício de 2013 no valor R$ 614,70 a R$ 711,00. Isso representaria 50% do valor repassado para a União. Contudo, no que tange aos exercícios de 2014 e 2015, o valor cairia para 25% do repasse, com a inclusão de novos critérios de elegibilidade e de produtividade.

Para o SINTECT/ES e para a FENTECT o programa de PLR apresentado para 2014 e 2015 é prejudicial à categoria, pois traz critérios discriminatórios e baseados apenas no lucro, sem levar em conta os resultados produzidos, contrariando, portanto, o que dispõe a Lei referente à PLR.

Diante do empasse, o Ministro Ives Gandra, marcou nova reunião para o dia  17 de novembro do ano corrente, para que durante o período que antecede tal reunião a empresa tente, junto, ao DEST melhorar a proposta de PLR 2014. A Ect se comprometeu a dar uma resposta definitiva nessa data.

O Sindicato entende que proposta da empresa já foi rejeitada pelas assembleias e o que está faltando é vontade da ECT em pagar a PLR, e que a mobilização da categoria vai ser fundamental para a solução dessa questão. Assim, o SINTECT/ES convoca  todos os trabalhadores a participarem da assembleia de paralisação dia 13/11/2014, às 1900hs, para lutar por uma PLR justa, pelo cumprimento do ACT 2014, por contratação e pelo pagamento do adicional de periculosidade  dos motociclistas.

ASSEMBLEIA GERAL

Convocação para Assembleia Geral dia 13 de Novembro (quinta-feira) às 18:30h com a seguinte pauta:

* Avaliação da Proposta da PLR;

* Descumprimento de Cláusulas do Acordo Coletivo;

* Periculosidade para Motociclistas;

* Deflagração de paralisação no dia 14/Nov;

* Informes Gerais.

Local: Auditório SINTRACONST-ES

Rua Pereira Pinto, 37 – Centro – Vitória – ES

Subida pela Ladeira São Bento, em frente ao Banestes.

Assembleia Cartaz