FENTECT ganha ação dos dias parados

Informamos que o SINTECT/ES foi informado que a ação referente aos dias cortados pela ECT teve êxito. Essa ação garante o pagamento dos dias cortados a todos os trabalhadores de todo o país. É hora da ECT pagar pela intransigência e o tratamento dado aos seus trabalhadores e que essa seja a primeira de nossas vitórias nessa campanha salarial.

AVANTE ECETISTAS. RUMO À VITÓRIA.

Anúncios

SINTECT/ES, SINASEFE e SEEB/ES unificam campanhas – Ato Público amanhã (30) às 16 horas.

O SINTECT/ES convoca todos os trabalhadores à participarem do ato público em frente ao IFES (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo), onde celebraremos a unificação das campanhas salariais dos ecetistas, servidores e bancários.

A intransigência do governo com os trabalhadores precisa ser levada ao conhecimento de toda sociedade. É vergonhoso em um governo que se diz dos trabalhadores tratar seus  funcionários desta maneira. Tendo em vista que a causa é justa e é a mesma, o SINTECT/ES se solidariza com os servidores federais e com os bancários na luta por melhores salários e condições de trabalho. Não podemos esmorecer, pois juntos somos mais fortes.

Solicitamos aos trabalhadores ecetistas que compareçam em massa ao piquete em frente ao Complexo de Maruípe na parte da manhã, a assembleia provavelmente será antecipada para então estarmos presentes no ato público em frente ao IFES, que selará a unificação das CAMPANHAS SALARIAIS.

Ponto de Encontro

IFES – Avenida Vitória, 1729 – Bairro Jucutuquara -Vitória

Solicitamos a chegada meia hora antes (15:30hrs), se possível de uniforme, camisa da CUT ou camisa do sindicato. Sua presença é importante e mostra a força de nossa categoria.

 

 

Funcionários dos Correios bloqueiam entrada do edifício-sede em Brasília

Os funcionários dos Correios, em greve há 16 dias, bloquearam hoje (29) a entrada e a garagem do edifício-sede da empresa, no Setor Bancário Norte, em Brasília. Eles querem impedir a entrada de colegas que não participam do movimento.

O presidente do Sindicato dos Bancários, Rodrigo Brito, esteve no local e incentivou a unificação da luta das classes trabalhadoras, argumentando que qualquer categoria que for derrotada influenciará no resultado da luta de outra, em relação às reivindicações das datas-bases. Os bancários estão em greve em todo o país desde terça-feira (27). “Os fura-greves atentam contra o direito coletivo”, destacou.

Os trabalhadores dos Correios reivindicam reajuste de no piso salarial e recomposição das perdas, além da convocação dos aprovados no último concurso. Na próxima terça-feira (4), caravanas de todos os estados devem chegar a Brasília para uma manifestação.
Fonte: Agência Brasil

A CADA DIA MAIS FORTES – Ato “Fúnebre” e a Volta das Negociações

Hoje os trabalhadores presentes no piquete em frente ao Complexo de Maruípe fizeram um ato “fúnebre”. Os trabalhadores transitaram entre a Av. Leitão da Silva e a Reta da Penha, as duas avenidas principais da capital. No caixão os nomes do presidente da ECT , Wagner Pinheiro e o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, com manifestações de apoio dos transeuntes e dos veículos que passavam pelas avenidas.

A pequena passeata teve seu auge em frente a AC/Leitão da Silva, onde os trabalhadores pararam em frente da agência e mais uma vez convidaram os trabalhadores do local a aderirem. Com gritos de “rá, rá, rá, se mandar não vai chegar…” os manifestantes mantiveram-se em frente a agência por vários minutos, afinal com a greve dos bancários a expectativa é que dobre a quantidade de serviços bancários nessas unidades, sobrecarregando assim os funcionários

 

A VOLTA DAS NEGOCIAÇÕES

Após vários dias de intransigência por parte da ECT, que se recusava a receber o Comando Nacional de Negociação e Mobilização, a empresa foi obrigada a baixar a guarda e chamar o comando para reunião. Segundo Paulo Wilson Araújo (SC) do Comando de Negociações, a ECT chamou às pressas os companheiros do Comando. Esperamos algo de proveitoso ou que pelo menos o canal de comunicação não cesse e avisamos, manteremos nossa posição,  Só voltamos com o Acordo Coletivo fechado.

 

 

 

Liminar do SINTECT-PB garante o recebimento dos dias de greve

SINTECT-PB impede judicialmente o corte dos dias e envia o modelo da ação à SINTECT/ES

 

A juíza da 2ª Vara do Trabalho de João Pessoa, a V. Exª Juíza Andrea Longobardi Asquini, deu a antecipação de tutela ao SINTECT/PB. A Juíza cita em seu texto “A busca incessante por melhores salários, por melhores condições de trabalho estão associados intrinsecamente ao Princípio Constitucional da Dignidade da Pessoa Humana (artigo 1º, III) da Constituição Federal vigente.”

 

Na parte final da sentença ela ainda estipula multa caso haja o desconto “… e determino a demandada EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS-ECT, se abstenha de efetuar descontos junto ao salário dos trabalhadores em razão da greve, refazendo as folhas de pagamento a fim de que sejam desfeitos os descontos ilegais, sob pena de multa R$ 300.000,00 ao fundo de amparo ao trabalhador, de conformidade com o “caput” do art. 461, bem como os parágrafos 3º e 4º do mesmo dispositivo do CPC, sem prejuízo das cominações penais por crime de desobediência; Caso já tenha ocorrido o desconto quando da apreciação do presente pedido, que seja determinada a devolução imediata dos valores descontados, pelas mesmas razões acima descritas. Expeça-se mandado, com urgência.”

 

Ainda na sexta-feira (23), o SINTECT/PB já havia disponibilizado cópia do processo para os demais sindicatos da Federação, logo assim que a cópia chegou o advogado do SINTECT/ES, o Sr. Roni Borgo tomou ciência e já encaminhará processo igual no Espírito Santo e assim garantir o recebimento dos vencimentos de nossa categoria.

 

O cerco fecha a cada dia para a ECT, nossas reivindicações são justas e merecidas, toda sociedade tem ciência disso e a cada dia temos mais certeza que sairemos vitoriosos

 

 

Ato Público

Com o objetivo de atender o Comando de Negociações e Mobilização, o SINTECT/ES convoca os trabalhadores e toda sociedade a participar do ATO PÚBLICO a ser realizado na Praça 8 (praça do relógio), o marco zero da capital.

O encontro será realizado às 16 horas e contará com a presença dos trabalhadores de toda região metropolita e e os trabalhadores do interior que aderiram a GREVE, substituindo assim o piquete permanente realizado no Complexo de Maruípe. Esperamos fazer desse ato um momento único da categoria capixaba, desde já contamos com a participação em massa de todos os ecetistas, a presença de todos é indispensável. Esse evento ocorrerá em sincronia com todos os estados brasileiros.

Assembleia aprova o encaminhamento para contraproposta no ES

Quase por unanimidade, assembleia dos trabalhadores mobilizados em piquete no Complexo de Maruípe, foi aprovada a contraproposta enviada pela FENTECT.  Os trabalhadores mantem a GREVE mesmo com as ameaças da ECT e se mantem firmes contra essa postura vergonhosa adotada pela ECT.

CONTRAPROPOSTA APROVADA



 

 

Reposição da inflação de 7.16%, calculados pelo IPCA;

Reposição das perdas salariais de 24.76%, de 1994 à 2010;

Piso salarial de R$ 1.635,00;

Aumento linear de R$ 200,00;

Vale alimentação/refeição de R$ 28,00;

Vale-cesta de R$ 200,00

Vale extra em Dezembro/2011 no valor de R$ 750,00;

Portaria para Motociclista e Motorizado no valor de R$ 500,00;

Diferencial de Mercado para todos os trabalhadores(as) no valor de R$ 180,00;

Auxílio creche para todos os trabalhadores(as), até o sétimo ano de vida de

seus filhos e, após essa idade, ser transformado em auxílio educação no valor deR$ 500,00;

Não contratação de mão de obra terceirizada;

Contratação imediata dos concursados;

AADC para todos os Motoristas;

Não desconto dos dias parados em decorrência da greve;

Abono dos dias de paralisações ocorridas nos estados: Rio Grande do Sul, em 10/08/2011, e Piauí, em 31/08/2011.

 

Resta agora saber o resultado das demais assembleias.

 

 

 

Campanha Solidária – Grevistas doarão sangue

A categoria ecetista dará mais um exemplo de cidadania, após iniciar uma campanha salarial que além do foco de melhorias salariais e condições trabalho, visa a manutenção dos Correios público, estatal e de qualidade para toda população, os ecetistas doarão sangue ao Hemoes.

 

Essa é mais uma demonstração do nível de consciência dos trabalhadores, que mesmo em uma das campanhas salariais mais turbulentas, consegue exercer a cidadania, demonstrando a força e consciência dos trabalhadores

 

O convite se estende a todos os trabalhadores da ECT que puderem ajudar. O Hemoes avisou que o banco de sangue esta em um dos níveis mais baixos dos últimos tempos e recebeu com alegria a iniciativa de nossa categoria.

 

Solicitamos a todos que estejam presentes e uniformizados em frente ao Complexo de Maruípe antes das 9 horas, para que o transporte seja providenciado. PARTICIPE.

 

 

 

Ecetistas param o Centro de Vitória

Foi realizado no dia de ontem (19), como havíamos avisado, uma passeata no centro de Vitória com o objetivo de esclarecer a população os reais motivos da GREVE. O evento contou com participação maciça da categoria, além da presença de vários diretores da CUT. Também foi entregue a população uma carta aberta explicando todas as dificuldades nessa campanha salarial e a intransigência da ECT nas negociações. A passeata terminou em frente ao prédio central da ECT, localizado na Av. Jerônimo Monteiro, onde os trabalhadores do setor administrativo e da agência foram convidados a aderirem a GREVE, depois os trabalhadores se dirigiram para a Praça 8, onde realizam a assembleia de avaliação de votaram por unanimidade na manutenção da GREVE.

Segue o texto contido na Carta Aberta:

CARTA ABERTA

O serviço dos CORREIOS é essencial para todos, mas vem durante alguns anos trazendo descontentamento à população por causa dos atrasos. A culpa é do governo que durante anos vem sucateando os CORREIOS. A falta de efetivo nas unidades é grande e nem com o último concurso irá suprir a necessidade real para um bom atendimento. Trabalhamos com um quadro reduzido há muito tempo e para dar conta de tanto serviço trabalhamos sábados, domingos e feriados. Ganhamos stress, perdemos a qualidade de vida, a saúde e o lazer com a família.

Nossa campanha salarial já dura um mês e meio e até o momento a ECT não fez uma proposta decente que contemple o trabalhador. Pedimos a reposição da inflação, mais R$ 400 de aumento linear, entre outros benefícios sociais. Entretanto, a ECT nos ofereceu apenas a reposição de 6,87% e o reajuste linear de R$ 50,00 somente a partir de janeiro de 2012. Pela atitude da empresa os trabalhadores dos CORREIOS de todo o Brasil estão EM GREVE. Com um piso de cerca de R$ 807,00, somos o “PATINHO FEIO” das estatais recebemos os piores salários. Uma empresa que tem o faturamento previsto para 2011 de 14 Bilhões, enquanto o de 2010 foi de 12 Bilhões. Só o NOVO contrato do Banco Postal rendeu R$ 2,3 bilhões para os Correios.

Lutamos contra a privatização dos CORREIOS, estamos na defesa das nossas conquistas, melhoria das condições de trabalho e o direito da população de ter um correio PÚBLICO, ESTATAL E DE QUALIDADE. Contamos com a compreensão e apoio da população.

Avaliação da Semana

Após quatro dias de paralisação, o ânimo da categoria continua o mesmo ou ainda maior. Em uma greve marcada pela adesão maciça e espontânea, a presença consciente do trabalhador tem sido a maior arma até então. Ainda assim, sempre há algum companheiro que pode vir engrossar as fileiras, por esse motivo pedimos a todos que sensibilizem aqueles que ainda não pararam, pois a ECT esta cansando e quanto mais companheiros estiverem engajados, mais fortes seremos.

 

Um setor que demonstra dificuldade em aderir é o das agências, nossos companheiros atendentes da Região Metropolitana ainda não aderiram, ficando a margem do maior movimento grevista dos últimos anos, sendo que entre nossas bandeiras estão pontos de seu interesse. Talvez por isso em cidades como São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília entre outras, a adesão é excelente, até mesmo no interior do estado alguns companheiros aderiram.

 

Não existe possibilidade de retaliação, pois nossa luta é justa e dentro da legalidade. Se em outros momentos nos companheiros sentiram-se excluídos da categoria. Voltamos a lembrar de como é preciosa a sua presença e que como os carteiros e ott’s, os atendentes fazem parte da base, sendo assim no bloco que mais sofre.

 

Queremos deixar bem claro que não iremos forçar ninguém a parar, pois até agora toda a adesão foi feita de livre e espontânea vontade, onde companheiros tem se unido a nós em busca de dias melhores.

 

Continuamos esperando a adesão dos companheiros atendentes, pois sua presença é importante e nos fortalece.

 

AVANTE ECETISTA. RUMO À VITÓRIA!