Ecetistas, bancários e pequenos agricultores realizam ato unificado

Trabalhadores dos Correios, bancários e membros do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA) realizaram na tarde dessa segunda-feira (30) um ato unificado por melhores condições de vida e emprego.

O ato começou na Praça Pio XII, no Centro de Vitória, onde sindicatos das categorias se concentraram e saíram em caminhada pela Avenida Jerônimo Monteiro até a Praça 8, onde foi encerrada.

Em uma das falas, o secretário geral do SINTECT-ES, Fischer Marcelo, lembrou que muitas pautas não são apenas de uma categoria, mas de toda a classe trabalhadora e exaltou a capacidade de unificação dos trabalhadores presentes.

O ato unificado é mais uma das atividades da Campanha Salarial 2013/2014 dos trabalhadores dos correios.

Anúncios

Em assembleia, ecetistas votam pela manutenção da greve e nova proposta

Em assembleia realizada na manhã de hoje (26) em frente ao Complexo de Maruípe, a categoria ecetista votou pela manutenção da greve e pela aprovação da contraproposta formulada pelo Comando de Negociação da FENTECT. A proposta em questão foi solicitada pelo SINTECT-ES à Federação, para evitar novos impasses na negociação.

DSCN0563

A proposta em questão consiste em:

1. Manutenção da Assistência Médica (Correios Saúde) nos moldes atuais e extensivos aos novos empregados, mantendo-se a ECT como gestora direta do Correios Saúde, sem a possibilidade de gestão por qualquer outra entidade;

2. Abono dos dias parados, incluindo as paralisações dos dias 11/07 e 30/08, comprometendo os trabalhadores a colocar a carga represada por conta da greve nacional em dia;

3. Reajuste salarial de 8% extensivo a todos os benefícios;

4. Aumento linear de R$ 100,00;

5. Implantação da Entrega Postal matutina em todo o território nacional;

6. Pagamento do Auxílio-creche a todos os funcionários, sem discriminação de gênero.

7. Contratação imediata de mais trabalhadores, através de concurso público, em substituição aos terceirizados e MOT’s;

8. Isonomia das gratificações de função motorizada pelo maior valor em todas as DR’s.

Os ecetistas capixabas têm interesse na negociação e não no impasse da greve. A greve é o instrumento legítimo de luta quando há a intransigência da empresa que se recusa a escutar seus trabalhadores e/ou quer levar à mesa de negociação aqueles que não têm legitimidade para representar a categoria. Por isso reafirmamos o compromisso com os trabalhadores e esperamos uma solução que contemple a todos e não dependa das negociações desgastantes junto ao TST.

Campanha Salarial 2013/2014

Companheiros e Companheiras,

O Comando Nacional de Negociação e Mobilização da Campanha Salarial 2013/2014, reafirma aos trabalhadores em greve que se mantenham firmes na luta, ampliando a mobilização nas bases, fortalecendo os piquetes com ações incisivas para ampliar a visibilidade da nossa greve, que já é vitoriosa diante da postura truculenta da direção da ECT e do governo Dilma.
Este Comando orienta a manutenção da greve e que os trabalhadores não se baseiem nas informações mentirosas publicadas pela empresa no seu informativo interno “Primeira Hora”, onde a ECT está praticando assédio moral contra os trabalhadores que estão no movimento paredista para pressionar os companheiros a aceitar um suposto acordo rebaixado e com retirada de direitos como o nosso plano de saúde, acordo este assinado com os sindicatos traidores de SP e RJ, que não têm legitimidade para assinar acordo coletivo em nome dos 120 mil trabalhadores dos Correios, fato amplamente divulgado em nossos informes anteriores.
Esclarecemos ainda que na reunião realizada com nossa Assessoria Jurídica o Dr. Rodrigo Torelly informou que já entrou com a contestação sobre a liminar concedida à ECT
sobre o percentual de trabalhadores que deveriam permanecer nas unidades.
Sobre a data do julgamento do Dissídio Coletivo, o TST ainda não se pronunciou sobre o dia em que será realizada a Audiência de julgamento na SDC.
Este Comando reforça aos sindicatos a necessidade da recomposição do seu representante em Brasília para dar continuidade aos trabalhos do Comando Nacional ampliado.
Não negociou, o Correio já parou!

Fonte: Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT)

Assembléia nesta Terça Feira (24/09)

Companheiros,

diante do impasse da ECT com a categoria ecetistas, a greve dos trabalhadores e trabalhadoras  continua em 23 estados mais o Distrito Federal.

Em continuidade a agenda de GREVE, o SINTECT/ES convida os companheiros (as) ecetistas para comparecerem nesta terça feira (24/09) a partir das 8h (concentração) no complexo na Avenida Leitão da Silva, onde estaremos realizando uma Assembleia. É importante a participação dos companheiros (as) para fortalecer o movimento grevista. Compareçam, venham somar forças na defesa de nossas bandeiras de luta.

Lembrando que a categoria luta por reposição da inflação entre agosto de 2012 e julho deste ano (2013), reposição das perdas salariais desde o plano real, melhores condições de trabalho, redução da jornada de trabalho dos atendentes para 6h – além de equiparação salarial aos bancários-, realização das entregas pela manhã, contratação de mais funcionários mediante realização de concurso público, bem como repúdio à terceirização de serviços prestados pela empresa.

a greve continua

E a Greve Continua…

Trabalhadores (as) Ecetistas ocuparam uma das três faixas da Avenida Jerônimo Monteiro na tarde desta sexta (20/09) numa passeata de mobilização, que seguiu de frente a Defensoria Pública do Espírito Santo até a Praça 8 de Setembro, onde o Secretário Geral do SINTECT/ES fez informes de como está o cenário Estadual e Nacional.

Com apitos, nariz de palhaço, bandeiras e carro de som a categoria contou com o apoio da sociedade que entendeu o recado em respeito aos anseios dos trabalhadores que reivindicam além do eixo salarial melhores condições de trabalho.

O SINTECT-ES informa ainda que para a próxima segunda (23/09) a partir 09h30, está confirmado um ato no complexo seguindo a agenda de greve, e convida os todos os companheiros a participar.

???????????????????????????????DSCN0468

Agenda de Greve

Companheiros e companheiras ecetistas,

em defesa da bandeira de luta dessa categoria e seguindo nossa agenda de GREVE, convocamos todos os trabalhadores e trabalhadoras ecetistas a participarem conosco da caminhada hoje (sexta feira), 20/09, com concentração às 13h próximo a Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo, em frente a antiga Capitania dos Portos de Vitória de onde partiremos às 14h pela Avenida Jerônimo Monteiro até a Praça 8, no Centro.

A nossa luta se dá não apenas no eixo salarial, mas em pautas históricas como redução da jornada de trabalho dos atendentes para 6 horas e equiparação salarial aos bancários, realização das entregas pela manhã, contratação de mais funcionários mediante realização de concurso público, bem como repúdio à terceirização de serviços prestados pela empresa que não é contemplada.

Vamos juntos companheiros, na luta em defesa dos nossos direitos!

Mais uma vez ECT demonstra desrespeito pelos trabalhadores

Aconteceu nessa terça-feira (17), a audiência de conciliação da Campanha Salarial 2013/2014. A audiência foi realizada mesmo antes do prazo final das assembleias de avaliação da proposta da empresa e da campanha, pois a ECT de forma arbitrária levou o processo ao TST.

Greve-Correios-3

A empresa alega que devido à paralisação dos sindicatos que aderiram à greve já no dia 12 deste mês, caberia ao TST conciliar a situação, no entanto boa parte das assembleias ainda serão realizadas esta noite, o que mostra mais uma vez a falta de respeito com a organização da categoria ecetista. Além disso, no Espírito Santo, o sindicato já foi notificado com interdito proibitório, antes mesmo de realizar suas assembleias na Região Metropolitana e interior.

O SINTECT-ES repudia as práticas antissindicais da ECT e reafirma o cumprimento do calendário de negociação aprovado no último CONREP. Dessa forma, reiteramos também o compromisso com nossa base e com a luta por melhores condições de trabalho e melhor qualidade de vida dos trabalhadores e trabalhadores ecetistas.

ECT apresenta nova proposta agora à noite (12)

logo-site.jpg

ECT apresentou agora à noite nova proposta ao Comando de Negociações da FENTECT. Ao fim do documento, ECT faz questão de ameaçar que proposta só tem validade caso não haja ruptura da normalidade na prestação de serviço pelos trabalhadores. O SINTECT/ES informa que são os trabalhadores em assembleia que decidem se aceitam ou não e caso haja a reprovação da proposta a greve será deflagrada, pois a vontade dos trabalhadores é soberana.

1 • Manutenção de todos os benefícios do Acórdão vigente.
2 • Manutenção da Assistência Médico/Hospitalar/Odontológica nos termos da Cláusula 11, constante no Acórdão vigente.
3 • Vale Extra a ser concedido em dezembro/2013 para todos empregados admitidos até 31/07/2013.

4 • Reajuste linear de 8% e

5 • Reajuste de 6,27% aplicado sobre todos os benefícios, conforme abaixo:

Vale I (Alimentação/Refeição) de R$26,62 para R$28,29
Vale II (Vale Cesta) de R$149,00 para R$158,45
Reembolso Creche/Babá de R$409,97 para R$435,68
Auxílio para dependentes de cuidados especiais de R$651,00 para R$691,82
Vale Extra em (dezembro/2013) R$650,65

proposta ect

Comando de Negociação apresenta rejeição à proposta

Em uma nova reunião marcada na semana passada para esta terça-feira (10), o Comando de Negociação da FENTECT apresentou documento com os sindicatos que rejeitaram a proposta da empresa.

Na mesma reunião, que contou também com representantes do TCU (Tribunal de Contas da União), a ECT confirmou a realização de um concurso até o fim deste ano.

Até o momento, nenhuma outra proposta foi apresentada e uma nova reunião foi marcada para o dia 12.