SINTECT-ES lança abaixo-assinado em Defesa dos Correios e por mais segurança nas unidades

Assim como a FENTECT, que participou do relançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Correios na última semana, o sindicato lançará nesta semana um abaixo-assinado a ser levado para representantes do Legislativo. Abaixo-Assinado
A iniciativa busca criar novos canais de diálogo e soluções para garantir melhorias nas condições de trabalho e na qualidade dos serviços prestados. Uma das queixas é em relação à falta de segurança que afeta trabalhadores e clientes dos Correios.
Novas formas de ação se tornaram ainda mais urgentes diante dos últimos ataques feito pelo atual governo, mas não substituem a mobilização da categoria. Orientamos que os trabalhadores de cada unidade assinem a folha enviada junto com a edição nº 119 do informativo Pombo Correio Urgente e a envie de volta ao sindicato para que seja anexado ao documento que será entregue aos parlamentares. Ao mesmo tempo, pedimos que a categoria se mantenha atenta e pronta a participar e colaborar com as próximas ações.

Anúncios

NOTA DO SINTECT-ES SOBRE O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES DA POSTAL SAÚDE

O SINTECT-ES recebeu durante a manhã de hoje (11) várias denúncias de trabalhadores de irregularidades no processo eleitoral para escolha dos representantes dos empregados no conselho deliberativo da Postal Saúde: Trabalhadores não conseguirem votar com as senhas enviadas pela Postal Saúde; o sistema não permitiu o voto em duas chapas; vários trabalhadores que não receberam suas senhas para votação; limitação da quantidade de votos por computador.

Além disso, apesar da comissão eleitoral alegar estar com problemas técnicos, nós do SINTECT-ES entendemos que isso não passa de um boicote ao trabalhador de base, que sempre foi prejudicado com esse formato de voto, que favorece apenas uns poucos que passam o dia inteiro na frente de um computador e podem votar quando quiserem sem dificuldade alguma (cobranças de metas ou de tarefas).

Diante destes fatos e das várias tentativas de impugnação das chapas que realmente têm representantes dos trabalhadores ecetistas, estamos tomando as medidas necessárias para que o processo eleitoral seja o mais transparente possível e que o trabalhador possa ter direito de escolher quem o representa.

Até o momento foi divulgado que o novo período de votação será de 18 a 25 de março de 2019, mas os trabalhadores devem se manter atentos para que possam participar e garantir o direito ao voto.