Ecetistas capixabas rejeitam a proposta da empresa

Os trabalhadores dos Correios do Espírito Santo REJEITARAM a proposta de reajuste salarial (0,8%) e retirada de direitos apresentada pela empresa. Os trabalhadores também votaram pela manutenção do Estado de Greve, considerando a pré-disposição do Ministro do TST em mediar as negociações e em prorrogar a validade do Acordo Coletivo de Trabalho até 31/08/2019.
Com o fim do prazo do PMPP, o processo de judicialização que trata da permanência de pais e mães no plano de saúde está suspenso, garantindo atendimento apenas a casos de urgência e emergência até o fim de agosto, sem prejuízo daqueles que já se encontram em tratamento. Portanto, qualquer avanço neste ponto só será possível com a luta de todos os trabalhadores.

Seguindo a orientação do Comando Nacional de Negociação da FENTECT, a mobilização da categoria continua em todo o estado e novas assembleias devem ser convocadas nos próximos dias.

assembleia 31-07