EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Correios Prestadora de Serviços Postais, Telegráficos, Encomendas e Similares do Estado do Espírito Santo – SINTECT-ES, CNPJ: 28.521.474.0001/06

O Presidente do SINTECT-ES, no uso de suas atribuições legais e estatutárias convoca todos os trabalhadores dos Correios do Estado do Espírito Santo, associados ou não para assembleia geral extraordinária a realizar-se no dia 04 de agosto de 2020 na Praça 08 de Setembro, sito a Av. Jerônimo Monteiro, 240 – Centro – Vitória – ES às 18h30 em primeira convocação e em segunda convocação às 19h, com qualquer número de presentes para deliberar sobre a seguinte pauta:

1 – Avaliação da Campanha Salarial 2020/2021;

2 – Deliberar sobre Deflagração de Greve por tempo indeterminado a partir das 22h do dia 04 de agosto de 2020;

3 – Informes gerais.

Esta instância tem poderes deliberativos e as decisões tomadas atingirão todos os integrantes da categoria profissional independente do comparecimento.

Vitória – ES, 30 de julho de 2020.

Antônio José Alves Braga

Presidente – SINTECT/ES

Ecetistas capixabas aprovam Estado de Greve

Na noite desta quinta-feira (23), os trabalhadores dos Correios disseram NÃO à proposta de 0% de reajuste salarial da ECT, que também pretendia retirar cerca de 70 cláusulas do atual Acordo Coletivo.

Além disso a categoria também aprovou o Estado de Greve no Espírito Santo com indicativo de paralisação a partir de 22h do dia 04 de agosto, quando haverá uma nova assembleia às 18h30 na Praça Oito (Centro de Vitória) para novas deliberações sobre o movimento grevista.

 

IMG_20200723_190809

Assembleia aconteceu na Praça Oito (Centro de Vitória)

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL – SINTECT-ES

Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Correios Prestadora de Serviços Postais, Telegráficos, Encomendas e Similares do Estado do Espírito Santo,CNPJ: 28.521.474.0001/06.

O Presidente do SINTECT-ES, no uso das suas atribuições legais e estatutárias convoca todos os trabalhadores dos Correios do Estado do Espírito Santo, associados ou não para assembleia geral a realizar-se no dia 23 de julho de 2020 na Praça 8, situada na Avenida Jerônimo Monteiro 240 – Centro- Vitória-ES às 18h30min em primeira convocação e em segunda convocação às 19h, com qualquer número de presentes para deliberar sobre a seguinte pauta:

1-Avaliação e deliberação da proposta de campanha salarial apresentada pela ECT; 2-Aprovação do Estado de Greve com indicativo de Greve por tempo indeterminado a partir das 0h00min do dia 04 de agosto de 2020; 3- Informes Gerais. 

Esta instância tem poderes deliberativos e as decisões tomadas atingirão todos os integrantes da categoria profissional independente do comparecimento.

Vitória- ES, 18 de julho de 2020.

Antônio José Alves Braga

Presidente- SINTECT-ES

FENTECT convoca mobilização nacional contra a retirada de direitos

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT) enviou nesta quarta-feira (15) um informe com as orientações do Comando Nacional de Mobilização e Negociação que participou da reunião realizada anteontem (14) em que os representantes da ECT apresentaram a proposta infame de retirar 70 cláusulas do Acordo Coletivo, além de 0% de reajuste salarial.campanha

A reunião, que começou com atraso devido a problemas técnicos tanto dos representantes da empresa quanto dos trabalhadores que tiveram problemas para acessar o link fornecido pela ECT, evidenciou ainda mais o desprezo da empresa pela saúde e pela vida dos trabalhadores. Quando questionados pelo Comando sobre o número de infectados e mortos pelo Covid-19 entre os ecetistas, os representantes dos Correios se negaram a repassar os dados, informando que não foram “autorizados pela direção”, faltando com a transparência que deveria ser diretriz de qualquer empresa pública e numa evidente demonstração de alinhamento ao Governo Bolsonaro que tenta a todo custo esconder as mais de 70 mil mortes causadas pelo vírus, mas agravadas pela negligência do Presidente da República.

A categoria ecetista também está, apesar de nem sempre lembrada, na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Prestando um serviço essencial, poderia – se acaso houvesse um comando responsável e inteligente – atuar como parceira, levando insumos básicos e garantindo que as pessoas possam cumprir o isolamento social. Ao invés disso, é sistematicamente atacada por um governo genocida e uma gestão estatal que se coloca a serviço de interesses privados.

Não é segredo que o papel do general Floriano Peixoto é preparar os Correios para a privatização, mas sua atuação cínica ao propor uma negociação de mentira em meio à maior pandemia do século mostra que falta também caráter. Retirar direitos históricos e sequer reajustar o salário já seria vergonhoso em qualquer outro momento histórico. Mas agora, quando os trabalhadores mais precisam de apoio para cumprir sua função – que é ESSENCIAL para o povo brasileiro – é uma tremenda crueldade. Talvez o que a representação da ECT chame de “benefícios” não faça diferença já que o presidente e seus assessores ganham quantias de mais de cinco dígitos, mas para os trabalhadores dos Correios que recebem o pior salário entre todas as estatais, são esses direitos conquistados que impedem um arrocho ainda maior dos próprios salários.

Rumo à Greve Nacional

Diante de tamanho absurdo, com a exclusão 70 cláusulas, entre as quais o fim dos 30% do Adicional de Risco, do auxílio-creche/babá e dos 70% sobre férias, não há outra alternativa a não ser mobilizar para uma grande greve nacional. 

O Acordo Coletivo de Trabalho se sobrepõe à atual legislação trabalhista – que acabou sendo ainda mais desidratada com a Reforma Trabalhista- e agora a empresa quer reduzi-lo a somente 9 cláusulas.

A ECT aposta no medo, na instabilidade jurídica que ainda trava a sentença normativa da última campanha salarial e na aposta de privatização com lobby na grande imprensa. É preciso contra-atacar dialogando em diversas frentes e fortalecendo a luta da categoria contra o autoritarismo deste governo genocida e da atual gestão covarde, omissa e subserviente da empresa.

Por isso, a orientação da FENTECT e do Comando Nacional é de rejeição da proposta da empresa e aprovação do estado de greve com indicativo de paralisação a partir de 0h do dia 04 de agosto.

Em defesa da vida, direitos e emprego!

AADC: Sindicato alerta para falsas promessas sobre ações individuais

justica-do-trabalho

O SINTECT-ES foi um dos primeiros sindicatos a obter decisão favorável na ação que reivindica a cumulação dos Adicionais de Atividade de Distribuição e Coleta (AADC) e de periculosidade. Diversos trabalhadores já estão recebendo de forma liminar as referidas parcelas e outros já receberam e recebem atualmente os valores retroativos.

Além das ações individuais, a FENTECT move uma ação coletiva que contempla toda a categoria, mas aguarda principalmente a decisão sobre a matéria no Tribunal Superior do Trabalho (TST), que valerá para todos os processos em trâmite. Por isso, o setor jurídico do SINTECT-ES, que atua em parceria exclusivamente com o escritório PESSALI, PIOVESAN E BORGO ADVOGADOS ASSOCIADOS cumpre o dever de alertar para propostas fantasiosas que prometem “rapidez” no andamento de processos que dependem não do voluntarismo de qualquer profissional, mas de prazos e protocolos estabelecidos pelo próprio judiciário.

Portanto, ainda que o sindicato e o escritório parceiro não tenham monopólio sobre a representação dos trabalhadores ecetistas, cabe destacar que a relação entre advogado e cliente é de confiança, não cabendo soluções milagrosas ou qualquer tipo de intervenção para além dos trâmites legais. É preciso ressaltar também que qualquer associação a escritórios ou advogados – inclusive de outros estados – que não conhecem a situação da categoria no Espírito Santo e não têm compromisso algum com a luta ecetista, mas apenas com os próprios honorários, bem como os riscos envolvidos em contratos assinados são de inteira responsabilidade de quem opta por estes serviços.

ORIENTAÇÕES AOS TRABALHADORES DO GRUPO DE RISCO

O SINTECT-ES recebeu denúncias de que a empresa está enviando telegramas aos trabalhadores que se encontram em trabalho remoto por fazerem parte do grupo de risco.

No referido telegrama a empresa solicita que o trabalhador envie laudo médico para a área de saúde, descrevendo sua condição clínica (doenças crônicas ou preexistentes), o que não é irregular. Porém o texto também fala sobre a Portaria 20/2020 do Ministério da Economia/Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, onde a empresa alega que hipertensão não faz parte do rol de doenças suscetíveis que justificam o preenchimento da autodeclaração de saúde.

Ressaltamos que ao verificar o texto da referida portaria, diferente do que está descrito no telegrama, encontramos a Hipertensão Arterial Sistêmica Descompensada como condição clínica de risco.

Segue trecho do texto da portaria 20/2020:

2.11.1 São consideradas condições clínicas de risco para desenvolvimento de complicações da COVID-19: cardiopatias graves ou descompensadas (insuficiência cardíaca, infartados, revascularizados, portadores de arritmias, hipertensão arterial sistêmica descompensada); pneumopatias graves ou descompensadas (dependentes de oxigênio, portadores de asma moderada/grave, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – DPOC); imunodeprimidos; doentes renais crônicos em estágio avançado (graus 3, 4 e 5); diabéticos, conforme juízo clínico, e gestantes de alto risco.

Orientamos aos trabalhadores que se enquadram nessa situação, que procurem os profissionais que realizam seus respectivos acompanhamentos e solicitem laudo médico atualizado sobre seu quadro de saúde.

É de extrema importância cuidar da sua saúde.

SINTECT-ES apoia a luta dos entregadores de aplicativos

Durante todo o dia de hoje, 1º de julho, os trabalhadores que realizam entregas mediados por aplicativos estão em greve por melhores condições de vida e trabalho. Além de aumento no valor mínimo das entregas e por Km, fim dos bloqueios indevidos, seguro em caso de roubos e acidentes, auxílio-alimentação e ajuda durante a pandemia. Cabe lembrar que juridicamente, estes trabalhadores não possuem qualquer vínculo empregatício, o que desobriga empresas que obtém lucros enormes com este trabalho de garantir condições dignas para que eles possam executar suas jornadas que são também extenuantes.

breque dos apps

O trabalho de entregadores se tornou ainda mais necessário durante a pandemia do novo coronavírus, revelando ainda mais a face autoritária da atual etapa do liberalismo que, ao mesmo tempo que considera essencial, torna-o sacrificial na medida em que não remunera adequadamente e age para retirar direitos, fragmenta as organizações e fantasia de liberdade o que na verdade é exploração.

O SINTECT-ES, representando os trabalhadores de Correios do Espírito Santo, que inclusive possuem muitas similaridades enquanto categoria no que se refere à realização de entregas e sistemas de logística, apoia a luta dos entregadores por mais dignidade e melhores condições. Nesta quarta-feira que já se tornou histórica pelo ineditismo da luta na atual conjuntura, o sindicato conclama a todos a não utilizarem aplicativos de entrega e demonstrarem – seja por meio de redes sociais ou avaliando negativamente os aplicativos – a organização destes trabalhadores!

Orientações aos trabalhadores que coabitam com pessoas do grupo de risco

O SINTECT-ES conquistou uma liminar que determina que todos os trabalhadores que coabitam com pessoas do grupo de risco, como idosos, gestantes, lactantes, pessoas com deficiência e/ou com doenças crônicas – além de crianças em idade escolar ou inferior – retornem ao trabalho remoto.
A decisão vale a partir da intimação da ECT e é uma importante vitória contra a negligência da empresa que tem resultado no aumento dos casos de Covid-19 entre os trabalhadores dos Correios.

Veja as orientações para requerer o seu direito:

1. Informe imediatamente o gestor da unidade em que você trabalha que a partir da próxima segunda-feira (29) você atuará em regime de teletrabalho de acordo com a decisão da liminar garantida pelo SINTECT-ES (via SEI)
2. Na segunda-feira (29) abra um novo processo no SEI (se houver SEI anterior referente ao assunto é importante informar) e preencha a autodeclaração (link para download abaixo).
3. Envie a autodeclaração preenchida como anexo e encaminhe para o gestor e todos os setores que foram informados das outras vezes.

AUTODECLARAÇÃO: clique aqui para baixar!

 

 

Campanha Salarial: SINTECT-ES realiza assembleia nesta quinta-feira

Devido à atual pandemia de Covid-19, com a impossibilidade de realizar o Conselho de Representantes (CONREP) e a convocação da ECT para dar início à negociação da Campanha Salarial deste ano, a FENTECT reuniu sua diretoria para sistematizar a pauta nacional de reivindicações que deve ser aprovada nas assembleias realizadas pelos sindicatos de cada estado. 

A intransigência da ECT ao propor uma negociação durante a maior crise da saúde nos últimos anos é agravada pela crise política, as trocas na gestão da empresa com a recriação do Ministério das Comunicações e os cargos negociados pelo Governo Bolsonaro para evitar seu isolamento. Com a sentença normativa que determinou a vigência de 2 anos para o atual Acordo Coletivo (ou seja, até julho de 2021) travada no STF após a liminar do ministro Dias Toffoli, as negociações pesam cada vez mais contra os trabalhadores. Portanto, pela falta de igualdade entre as partes, devido às incertezas, falta de transparência e escalada autoritária do Governo para conter as bases sociais, esta negociação não deveria ocorrer neste momento. Porém, como é evidente, a crise também chega até o Judiciário que tem se mostrado incapaz de atuar – inclusive proporcionalmente – para conter a violação de direitos já garantidos. 

WhatsApp Image 2020-06-24 at 11.03.13

Álcool gel e máscaras serão disponibilizados no local

Só a mobilização dos trabalhadores pode garantir que não haverá retrocessos. O SINTECT-ES realiza sua assembleia nesta quinta-feira (25) às 18h30 na Praça Oito no Centro de Vitória (ES). O sindicato está respeitando as recomendações da Organização Mundial da Saúde e vai orientar pelo distanciamento no local, além de fornecer máscaras e disponibilizar álcool em gel para a higienização das mãos.

 

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA
Data: 25/06/2020
Hora: 18h30
Local: Praça Oito (Centro de Vitória)

Mobilização dos trabalhadores garante melhorias em Conceição da Barra

Como divulgado no último informativo Pombo Correio Urgente (Nº 134/ maio 2020) A AC Conceição da Barra enfrentava problemas há mais de ano como questões estruturais e outras recorrentes como limpezas em caixa d’água e do lote onde fica a unidade.

Chama a atenção que a maior parte dos problemas seja a burocracia encontrada junto à Superintendência Estadual dos Correios. Após questionamentos de trabalhadores da unidade a respeito das condições e problemas, o SINTECT-ES encaminhou ofício solicitando o cumprimento de todas as normas, incluindo as mais recentes relacionadas à higienização por causa da pandemia do novo coronavírus. Graças a isso a maior parte dos problemas já foram solucionados e os demais já estão sendo providenciados, de acordo com a gestão da unidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O sindicato parabeniza os trabalhadores que se dispuseram a participar, relatando e mobilizando para garantir a segurança de todos e agradece também à gerência local pela compreensão e empenho para resolver situações que, sabemos, na maior parte das vezes é apenas reflexo da falta de diálogo e transparência da atual gestão da ECT.